segunda-feira, dezembro 15, 2008

Por menos foi o Engenheiro despedido...

«Vai ser muito difícil. Até acredito, mas será um jogo que nos servirá, principalmente, para ver jogadores que têm jogado menos e que agora poderemos avaliar se podem jogar. Diante do Metalist não deveremos apresentar uma equipa absolutamente titular, antes com alguns reservas. Mas vamos fazer um jogo para ganhar, porque penso que, mesmo que seja um jogo que não nos permita passar, mesmo que não cheguemos ao número de golos necessários, temos de ganhar», explicou Quique Flores, esta segunda-feira, por ocasião do almoço de Natal dos encarnados.

E mesmo que o Benfica não seja bem sucedido na Taça UEFA, à semelhança do que aconteceu na Taça de Portugal frente ao Leixões, Quique Flores garante que a equipa vai continuar concentrada no campeonato nacional, onde é líder. «Já ultrapassámos essa sensação de derrota, é verdade. Passou, agora temos é de lutar pelos dois máximos objectivos em jogo, que são, primeiro, entrar na Champions e, se for possível, com o título na mão», defendeu.


É sempre bom observar a ambição de um treinador de um grande do futebol português ao afirmar que o primeiro objectivo é entrar na Champions o que equivale a dizer que ficar em 2º é bom, é esta ambição que ainda me faz acreditar ser possível =)

3 comentários:

Francisco Castelo Branco disse...

Não se compare as situações

Como disse Quique apos o jogo da taça, este é o ano zero

E nem por sombras o Benfica de Santos tinha os jogadores q tem e apresentava a qualidade do Benfica de Quique

e nao esqueçamos que o benfica está em primeiro no campeonato e só depende de si, para o vencer.... =)

Clóvis disse...

ossos,

começa a ficar desgastado essa tua fórmula do copy/pasta que pouco ou nada adianta.

é verdade que tens escolhido o melhor timing para atacar as equipas rivais, mas sem grande substância ou cunho pessoal.

Diego Armés disse...

Ó Ossos, tu não sabes ler nas entrelinhas. Eu traduzo:

"Olhando para a palhaçada que têm sido os últimos 30 anos do futebol português, é óbvio que o primeiro lugar está reservado e aquecido para os putanheiros lá de cima. Esta máfia é muito difícil de contrariar, até porque os criminosos não são punidos e a Federação é uma conjuntos de paus mandados do Corleone do Douro. Posto isto, se ficarmos sem segundo, com sumaríssimos, golos anulados e penalties por marcar, até que nem é nada mau - sempre nos atiramos aos milhões da Champions que, assim como assim, pode ser que dê para comprar putedo e viagens de avião para sermos campeões num futuro próximo".

Fui claro?