quinta-feira, dezembro 22, 2005

A merda continua

Duas vitórias arrancadas a ferros pela arbitragem é o saldo da equipa encarnada nas 2 últimas jornadas. Quando a equipa está aflita, o que tem acontecido frequentemente, os árbitros fazem o seu papel: inventam faltas a favor dos de sempre, ignoram as regras, ficam cegos perante os lances decisivos que redundam em golos encarnados.
Actuam assim porque podem. Porque sabem que ficarão sempre impunes. Que neste país de conluios e compadrios, os dirigentes da arbitragem, da Liga, a imprensa e tudo o resto, desculparão o indesculpável e em uníssono jurarão que «o lance é apenas duvidoso» ainda que ninguém tenha dúvidas.
Nuno Gomes ajeitou a bola «com a parte lateral do peito com o braço à ilharga» - assim cuspiu, desonestamente, um comentador da TVI a fazer de "justificador" de serviço. As imagens mostravam que não, que foi mão, mas isso não importa. O país encarnado dirá sempre aquilo em que, com toda a certeza, os mais tolos acabarão, até, por acreditar.
Porque o país foi educado assim e creio que já atingimos o ponto de não retorno. O terceiro-mundismo tem muitos rostos.
Entretanto, na televisão pública dá um filme sobre o milagre das aparições de Fátima. Na RTP Memória alguém guincha um fado.
Nada a fazer, Portugal está igual a si próprio.

in Blasfémias

Junte-se a demissão surpresa do lampião Norton, acaso puro ser antes do jogo com o benfica, apesar de uma semana antes ter prometido que levava a equipa até ao final da primeira volta.

Entregue-se já o título aos lampiões e acabe-se com a palhaçada.

5 comentários:

Edson Arantes do Nascimento disse...

Caro amigo, quem passou por dificuldades foi o Manchester United. Esse sim, chutado para canto.

Lembro-me, vagamente, de um fiscal-de-linha com dificuldades num olho (parece uma antítese), depois de um determinado objecto (que para mim se chama "Bola", para ti não sei) ter ultrapassado mais de um metro a linha de golo.

Folgo em saber que mudaste de opinião: aqui há uns posts atrás, referiste (com a ajuda de berço) que te estavas "a cagar para os outros clubes". Também, só os burros é que não mudam.

Edson Arantes do Nascimento disse...

Ia-me esquecendo da pérola.

Pergunta nº1 - Com que então a bola (uma coisa redonda, que era bastante mais engraçada com os gomos pretos e brancos, e que serve para dar pontapés ou jogar ao berlinde ou, ainda, para fazer funcionar [alguns] ratos - de computador, claro) foi, "à mão" do Nuno Gomes??!!

Pergunta nº2 - Viste o jogo?

Cheech disse...

Acho piada que falam muito do lance ilegal do Luisão contra o Nacional.E acho ainda mais engraçado ninguém referir que, quando o livre do petit é marcado o defesa do nacional toca deliberadamente na bola.São piadas, é o Natal....

HR/JD disse...

Beks, das duas, uma: ou não ouviste/leste o Coroado ou não sabes o que é a zona mamilar;
p.s. - Por mim, entregava-se já o título ao Glorioso, nitidamente a melhor equipa da Liga Betadine, apesar de atormentada por lesões de jogadores fundamentais (incluindo a estrela Simão, as duas contratações mais fortes do defeso - Miccoli e Karagounis (belo jogo do grego contra o Vitória), e os dois guarda-redes principais), e a única que se mantém nas três frentes, após ter ganho o primeiro troféu da temporada.

Tripeirossos disse...

Nitidamente a melhor equipa?
Só é pena não estarem em primeiro...ou quem está em primeiro não é quem joga melhor?
O mundo está virado do avesso...