sexta-feira, novembro 28, 2008

Solidariedade e esperança


Em primeiro lugar, gostaria de criticar veementemente os 2 posts anteriores, que carecem de solidariedade para com um dos nossos que representa e leva a imagem de Portugal por essa Europa fora, ainda que por pouco tempo.
Acima de qualquer clubismo, hoje é um dia triste para todos nós. O grande Benfica acaba de ser uma vez mais humilhado, e é algo que parece já tornar-se um hábito. Ainda que tenha sido copiosamente derrotado por uma das 150 melhores equipas do mundo, numa lista encabeçada pelo Barcelona, o Benfica continua a revelar dificuldades para voltar a impor o seu nome no panorama europeu. Desta feita, ocorreu num jogo a contar para o equivalente futebolístico da taça CERS, que se denomina taça das feiras.
De referir a importância do factor sorte bem evidente neste desafio, em que o Benfica com um pouco mais de rigor táctico, aliada à falta de acerto dos seus interpretes e à eficácia tremenda que revelaram os contrários, poderia ter saído do Geórgios Karaïskákis com uma folgada vitória (não confundir com a águia) com animadoras perspectivas para as fase seguintes da prova. Isto para além da inépcia revelada pelo trio de arbitragem ao longo de toda a partida, privando o clube da luz de 3 penaltis, poupou duas expulsões aos rivais e assinalou inúmeros fora de jogo mal assinalados. Todos este factores acabaram por ditar a sorte do jogo, num misto de acasos e injustiças que acabaram por revelar-se fatais para as pretensões do nosso Benfica.
Lástima que não haja uma segunda volta de redenção, já que seguramente com a mobilização de toda a falange benfiquista, este gigante interplanetário conseguiria dar uma resposta cabal a este leixões do egeu e sentenciar esta eliminatória tons de conquista vermelhos e brancos.
Aproveitamos ainda para deixar uma palavra de apreço a Quique Flores, que seguramente saberá dar a volta por cima desta humilhação e apesar deste revés conseguirá no Benfica amealhar os diversos títulos nacionais e internacionais que já conseguiu na sua ainda curta carreira ao serviço do Getafe e Valência, e em diversos festivais de flamenco.
Resta ainda esperar pela ultima jornada da fase de grupos em que os encarnados vão debater-se contra o Grupo Desportivo da Sociedade Metalúrgica de Kharkiv, equipa que conta com 11 verdadeiros operários que constituem um resistente bloco de ferro, e com grande tradição nas principais reivindicações sindicais no seu país.

7 comentários:

Cheech disse...

Essa tal taça CERS, até há bem pouco tempo era a vossa competição de excelência. Taça essa que recebeu as nobres prestações de equipas do calibre do Viking,Grasshopers,Halmstad,Casino Salzburg,Austria de Viena,etc...

Falas também do Leixões do Egeu quando devias antes prestar uma nobre homenagem ao Leixões de Matosinhos. Talvez aí a piada já não fosse tanta, afinal vocês, lagartinhos, são bichos que só saem da toca quando o cenário é ideal para cuspir veneno.
Contudo, tenho esperança que no rescaldo da próxima eliminatória da taça de Portugal, possas fazer um post sobre a equipe de José Mota. O cenário é perfeito para isso, não achas?

Quando referes que é de lamentar não haver uma segunda volta para dar oportunidade a uma mobilização de toda a falange benfiquista, notas bem uma das diferenças entre o clube que odeias e o clube por quem nutres simpatia.
Nem contra a melhor equipa do mundo o W.C de Alvalade fica com casa cheia. Valeram no entanto os olés com que os jogadores foram presenteados no reconhecimento de excelente prestação futebolística.

O gigante Basileia aproxima-se mas não tenhas medo porque a ele segue-se peixe miúdo, diferente do de Matosinhos mas com muita espinha. Quem sabe se duas, três, cinco, seis não ficarão atravessadas na garganta.

HR disse...

Clap clap, Cheech!

E, tal como o Diego comentou a posta anterior: «São os maiores. Os 5 no teu devem ter doído menos que os 5 no meu, pelos vistos. É bom sinal... Quanto maior o hábito, menor a dor.»

Balakost, já não aparecias há tanto tempo que tinha esquecido o teu quociente de imbecilidade. Infelizmente, fizeste questão de mo relembrar.

Balakost disse...

Oh Hemorroida Ressabiada, e que tal um comentário da tua autoria, de vez em quando, só para manter um nível creativo-intelectual mínimo, ou será pedir demasiado?

HR disse...

Hemorroidas deves ter tu, ó meu paneleiro ressabiado! É o que dá sentar o cu em sítios mal frequentados, como o wc dos lagartos.

Balakost disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Balakost disse...

Desta vez é da tua autoria. Um ponto por isso. Já a criatividade... fraquinha. Que raio de tendência para recorrer ao insulto fácil. Denotas uma nítida falta de classe, típica de quem não sabe expor os seus argumentos de forma inteligente e bem humorada.
E as chavões humorísticos futebolísticos que já caducaram há algumas ligas atrás, como alusões repetidas ao "Alvalade xixi","retrete", bla bla bla. já para não falar de uma autentica profanação de adjectivos a que fui sujeito. para quê "paneleiro ressabiado", quando bastaria um simples "paneleiro do caralho", que sempre tem o efeito catártico que necessitas.
Vá lá, sei que mais 2 ou 3 jogos a levar na pá e consegues melhorar o teu discurso.

Abraço sincero

HR disse...

Dispenso os teus abraços, sinceros ou não. Guarda-os para quem te trata do hemorroidal.