terça-feira, março 07, 2006

Ah ganda Koke

Koke, 78 minutos jogados oficialmente pelo SCP – 3 golos (pelo menos 2,5 golos…). No domingo bastaram 3 minutos – a passe de Deivid, reconheça-se.
Havia alguém neste Blog que zombava da capacidade concretizadora deste reforço.
Esse alguém que engula agora, em seco, a risadinha sardónica.
Em 78 minutos, Koke revelou-se um avançado ágil e de remate fácil. Não deu para perceber se tem bom jogo de cabeça, sendo de baixa estatura, dificilmente será brilhante neste aspecto. Mas que descomplicou o que Deivid e Douala haviam complicado durante uma hora, isso ninguém lhe tira.

Paulo Bento, face ao que rendem actualmente os dois jogadores, na próxima jornada deverá dar “banco” ao Deivid, e meter Koke com Liedson na frente de ataque.
Koke merece a titularidade tanto como Deivid merece o banco.
Contra um Boavista de combate, a inclusão do apático Deivid é perda de tempo, e desperdício de substituições.

10 comentários:

Edson Arantes do Nascimento disse...

Às tantas, durante a transmissão do match, alguém disse: «Pipi despeja em Koke».

Eu fiquei atónito.

Seria uma sessão de bestialismo?

Ou apenas uma disléxia?

Na minha terra a frase correcta seria: «Koke despeja no Pipi».

antónis disse...

oh amigo Edson, que piadola fácil de indole sexual.
Fosse o meu amigo velho e sabio como o grande Gabriel Frada, conselheiro do Diário de Maria, saberia que, entre os lençois tal como entre as 4 linhas, a troca de entre os Kokes e os Pipis é recíproca. Tanto dá o Koke ao Pipi, como o contrário. Cada qual, ao seu jeito, e na sua modesta medida, despeja no outro.Um conselho amigo: Veja menos Pipis na TV ou na Playstation, e mais nos seus lençois. Assim certamente que, na sua terra, passará a fazer mais sentido que os Pipis também despejem para os Kokes. Que isto, entre os lençois tal como entre as 4 linhas, temos todos que ser uns para os outros...

joaovivosporting disse...

eh eh eh

e mais não disse!!

e mais não disse...

Guitarrista disse...

:)))

Que belo post. A registar num momento kodak - para mais tarde recordar.

Edson Arantes do Nascimento disse...

Parece-me que "fácil" só o teor deste texto.

Como é possível classificar (bom, mau, médio, «concretizador», «ágil», «remate fácil») um qualquer jogador quando ele não participou, sequer, num jogo completo - sendo que dos dois onde participou, um deles foi contra o Paredes, esse portento?

A resposta só podia ser ao nível.

Por outro lado e pela tua conversa, deves ser apreciador da chamada "Chuva Dourada", talvez na versão "Koke contra Koke".

antónis disse...

Meu caro, a análise que fiz sobre o Koke provém de duas fontes: a minha opinião pessoal, que tem tanto de subjectivo como qualquer outro, mas que foi solidificada em comentários que troquei com outros colegas que viram o jogo, e nas análises que vi escritas em jornais, desportivos e não só. Disse que era um jogador ágil e de remate fácil, qual é a duvida? Ainda não estabeleci um padrão qualificativo, apenas me apercebi de 2 características que confirmei junto de 3ºs.

O último parágrafo do teu comment tem tanto de hilariante como de procupante. Vejo-me obrigado rever o que disse, trocando “mais Pipis” por Pipis tout cours. Ou o meu amigo nunca viu Pipis à frente, ou se viu, nunca “conviveu” proximamente com eles, ou nunca consultou literatura sobre os ditos, ou não tem amigas que lhe explicam “estas coisas”, ou (ao menos isto, que diabo!!!) viu um simples filme de putas.
Passo a explicar:
1- Pipi não é apenas um médio-ofensivo do SCP.
2- Há vida para além do futebol.
3- Os Pipis (os das senhoras, bem entendido), são uma parte do corpo humano, que tem funções para lá da eliminação da urina (aqui começa o busílis…)
4- De facto, para lá da urina, eles excretam/produzem outros líquidos (ai, ai, ai…), que resultam do facto anteriormente descrito.
5- Entre outros, produzem uns fluidos responsáveis pela lubrificação do Pipi, que servem para facilitar a penetração (com passe em profundidade, ou talvez não) do Koke, evitando assim as lesões de ambos os atletas – é tipo a cena de regar o relvado...
6- Como é evidente, a menos que se revista o Koke com material absorvente, o dito ficará (como dizer…) untado nesses fluidos.
7- Também se diga que há senhoritas que são dotadas da capacidade de ejacularem (sim, que eu tenho filmes - e só filmes, infelizmente…, que comprovam tal facto) a distâncias bem consideráveis. Koke que esteja presente no evento, é Koke encharcado… A origem e o conteúdo desses fluidos não é unânime, diga-se.
8- Estamos entendidos? Quando referi que o Pipi despejava no Koke, não estava a pensar em jogos escatológicos de qualquer espécie. Apenas me referia a funções básicas do aparelho reprodutor feminino. Apreensíveis a qualquer comum mortal que com ele conviva.

Agora, troca lá o FIFA 2006 por um bom e velho filme porno, e vais ver que admirável mundo existe para descobrir...

Edson Arantes do Nascimento disse...

Nunca pensei que estivesses por dentro de toda a carreira do Pipi.

Julgava-te mais afoito ao Koke.

Edson Arantes do Nascimento disse...

Espera - essa coisa do Fufa2006 não me diz nada. Não adquiro, pirateio ou outra coisa qualquer desde o brilhante Fufa95 - já lá vão 11 anos, portanto.

antónis disse...

Continuam os trocadilhos infelizes, agora é FUFA vs. FIFA…
Bem, como também me ajeito em cretinologia, cá vai uma da minha safra. Quando referes a carreira do Pipi, falas do Romagnoli, ou do blog “o meu pipi”, onde estas temáticas da morfologia feminina, que tantas e tão insofismáveis perplexidades te provocam no espírito eram, amiúde, abordadas?
Tens aqui uma perspectiva mais humorada destas questões, talvez não seja o ponto de partida ideal, porque pouco didáctica e muito irónica.
Mas é sempre uma perspectiva a ter em conta, quanto mais não seja familiarizas-te com o lado bem-humorado da interacção Koke-Pipi…

Tripeirossos disse...

Ainda me lembro de um jogo na década de 90 ( não sei precisar o ano) em que o Belenenses foi ao antigo Estádio das Antas e até marcou primeiro, só que depois um grande jogador, Secretário de seu nome, deu a volta ao marcador...
Momentos de sorte todos temos, agora resta esperar se o Koke dá continuidade.