segunda-feira, janeiro 02, 2006

Tudo (mesmo!) à Estalada

«Vítor Dinis, indíviduo que agrediu Luís Filipe Vieira no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, foi insultado e agredido no aeroporto de Lisboa, esta manhã, por um elemento que faz segurança ao Benfica, acompanhando a equipa muitas vezes.
Em São Paulo, Vítor Dinis chegou mesmo a empurrar o presidente do Benfica contra um vidro. O indíviduo, que se identificou como amigo de Moretto (deves ser, deves...) e dirigente da Portuguesa dos Desportos ameaçou Vieira e o guarda-redes. "Podes assinar pelo Benfica que nunca irás lá jogar", afirmou por diversas vezes (ficámos a saber que, afinal, José Veiga não é o Homem Forte do futebol encarnado).
"Vieira começou a ofender-me no aeroporto de São Paulo e tive de defender-se. Acusou-se de ser ligado ao FC Porto, mas eu até sou do Sporting" (tal como és amigo do Moretto - lagarto, porém simpatiza um bocadinho com os tripeiros), explicou já em Lisboa, acrescentando que o guarda-redes viajou um dia mais tarde para o Brasil do que a mulher porque ficou "a acertar" a saída para os dragões."Agora nem FC Porto nem Benfica. Se tiver juízo regressa ao Brasil. Não assina por nenhum. Existem coisas que o impedem" (vocês sabem do que estou a falar...), frisou Vítor Dinis.» - in record.pt.
Infelizmente, afazeres profissionais (à hora de almoço) e desportivos (ao jantar) impediram-me de ver as imagens captadas pela televisão. Por princípio sou avesso à violência, mas neste caso... só se perderam as que caíram no chão. Das duas, uma: ou Vitor Dinis não tem qualquer ligação com o FCP (pouco plausível, a meu ver, dadas as notícias que apontam a sua ligação a Adelino Caldeira, da SAD dragona), caso em que, injustificadamente, agride o presidente da maior instituição lusa, merecendo o repúdio de todos os portugueses de bem; ou, no caso de ter sido encarregado de pressionar psicologicamente o guarda-redes, à boa maneira da Camorra, sendo que o desespero o levou a tentar fazer deitar fogo à tenda em pleno aeroporto brasileiro - para LFV não trazer Moretto para a Luz - , é tão redículo que as estaladas deviam ter sido dadas com luva de pelica... nele e no rabiosque assado de todos os dirigentes tripeiros, começando pelo don bimbini della costa.
p.s. - os comentários a vermelho são da exclusiva responsabilidade deste vosso escriba.

4 comentários:

Tripeirossos disse...

Eu como tripeiro não me posso pronunciar neste caso porque estive ausente da actualidade desportiva durante este fim de semana.
Mas de qualquer maneira o Adelino Caldeira está na SAD do FCP como o Veigarista na do SLB, cheira-lhes a euros, aliás, como o SLB é o campeão em título já ninguém se lembra que em 1987 esse senhor, Veigarista de seu nome, andou a abrir garrafas de champagne na casa do FCP no Luxemburgo, a qual presidia, aquando da vitória na Taça dos Campeões Europeus...
Em relação às agressões, acho que não fica bem a ninhuém, muito menos ao dirigente máximo de um clube entrar em agressões, mas é apenas a minha opinião.
Afinal de contas os dirigentes devem dar o exemplo aos adeptos.
Se os dirigentes do porto precisam de estaladas, os vossos talvez precisem de aulas de etiqueta...

Sheriff Esteves disse...

Há um clube que equipa de verde e branco e que atravessa uma das mais graves crises financeiras do seu nobre historial. Nesse clube havia dois empregados que tinham os salários em dia. Bem ao sr. chumbita nunes todos sabemos quem pagava o ordenado agora ao sr moretto fico na duvida. Mas cheira-me que foi um clube que equipa de vermelho e joga À bola ao pe do colombo. Depois de andar meia epoca a pagar-lhe vencimento o sr. moretto ja devia pertencer aos quadros desse clube. A não ser que esse clube não passe recibos. Mas não acredito que haja fraudes financeiras nem no benfica nem no futebol

Apre disse...

Que nivel!!

Se julgavam ter alguma réstea de honra no clube da luz, perderam-na por um GR 'cheio de personalidade', em prime time na TV à frente de todos os Portugueses!!!

antónis disse...

que demonstração de caracter do moretto: basta acenar com mais arame para contratos assinados, e cheques recebidos n valerem o papel onde vêm impressos. a novela do orelhas vs. pinto da costa está a assumir contornos hilariantes, parecem putos a ver quem faz mais queixinhas de quem, ou quem rouba os brinquedos ao outro. desta vez foi um GR, posição aliás onde o FCP está mais que bem servido, daí não entender esta novela para lá dum quadro de publico azedume entre as direcções dos dois clubes.
já agora, alguém me explica a inércia do senhor policia perante a chapada que um funcionário do SLB, identificado como tal, enfiou nas ventas do outro atrasado mental que chagou o orelhas até ao desespero? será que a impunidade dos jogadores do SLB em campo perante os arbitros se estende aos funcionários do clube, perante as autoridades publicas? tenho a certeza que se eu fizer o mesmo não gozo desta impunidade...
p.s. gostei especialmente do lugar comum do moretto, e do marco ferreira segundo qual sempre quiseram jogar no SLB. será que estes gajos ainda pensam que alguém de bom senso engole estas banhadas?